Páginas

1 2 3 4 5

.

Carregando...

Roberto Sobrinho, servidores e empresários são denunciados mais uma vez por corrupção


O Ministério Público de Rondônia, por meio do Centro de Atividades Extrajudiciais (CAEX) e Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), ofereceu denúncia nesta sexta-feira, 29 de abril, contra 23 envolvidos em esquema de desvio de verbas públicas oriundas dos cofres da Prefeitura Municipal de Porto Velho, que foi distribuída a 3ª Vara Criminal da Comarca de Porto Velho sob o nº 0005149-81.2016.822.0016.

Responderão pelos crimes de peculato, fraude à licitação, dispensa ilegal de licitação, falsidade ideológica, falsificação de documento público e falsificação de documento particular o ex-Prefeito de Porto Velho, Roberto Eduardo Sobrinho, o ex-Presidente da EMDUR, Mario Sergio Leiras Teixeira e, ainda, os seguintes servidores públicos e empresários: Wilson Gomes Lopes, Walter Fernandes Ferreira, Vera Lúcia Da Silva Gutierre, Noêmia Fernandes Saltão, Wilson Gondim Filho, Emival Barbosa Freitas, Arlindo Alves Monteiro Filho, Adriano Canhizares Dias, Márcio Henrique Da Silva Azeredo, Giovane Lopes da Silva, Euzimar Leite da Cruz, Letícia Garcia da Silva, Hélio Sebastião Correa de Siqueira, Maria Julia Lima Barros, Antônio Jair Alves Lima, Antônio Alves de Souza, Francisco Honório Ferraz, Vera Cláudia Silva Sampaio, Ayres Kosin Gamarra, Antônio Miguel de França e Dogival Tavares Da Silva.

O CAEX-GAECO instaurou procedimentos para apurar supostas irregularidades no âmbito de 18 processos licitatórios da EMDUR, pertinentes à aquisição de material de iluminação pública. Ao final, constatou-se a ocorrência de diversas condutas criminosas praticadas por organização criminosa instalada na Prefeitura de Porto Velho e na EMDUR. Para a prática dos crimes, organizaram-se estrategicamente através do “Núcleo Financiador”, comandado pelo então Prefeito de Porto Velho e Presidente do Conselho de Administração da EMDUR, Roberto Eduardo Sobrinho, que tinha o propósito de financiar e prover os delitos perpetrados dentro da EMDUR pelo “Núcleo Executor”, por meio de vários repasses financeiros em convênios ilegais e apoio político e administrativo.

O segundo núcleo, que agia no âmbito das licitações da EMDUR, tinha como líder o seu então Presidente, Mario Sergio Leiras Teixeira, que tinha a si vinculados vários servidores ocupantes de cargos estratégicos, bem como empresários que participavam de certames completamente viciados, formalizados apenas para dar ares de legalidade a compras realizadas ao completo arrepio da lei ou sequer efetivamente concluídas, já que algumas mercadorias, apesar de pagas, não eram entregues.

Fonte: Rondoniagora
Ler Mais

TENHO PROBLEMAS PSICOLÓGICOS’ AFIRMA ENTEADO QUE ESFAQUEOU PADRASTO DURANTE BEBEDEIRA


Porto Velho, RO – Policiais Militares da Força Tática do 5º BPM prenderam na noite desta quinta-feira (28) o indivíduo identificado como Valdemir Barreto Coelho, de 33 anos. Ele é acusado de ter tentado assassinar seu padrasto, identificado como Orimar de Souza Soares, de 35 anos, na residência onde ambos moravam, na Rua Pirarara, Bairro Lagoa, zona leste da Capital.
Padrasto e enteado estavam ingerindo bebidas alcoólicas e se divertiam, quando em dado momento e sem motivo revelado passaram a discutir e no calor do momento Valdemir se apossou de uma faca e desferiu um golpe no abdômen lado esquerdo de Orimar, que ainda tentou se defender vindo a jogar um pedaço de madeira contra Valdemir, que foi atingido na cabeça. A mãe de Valdemir presenciou o ocorrido e após Orimar ser esfaqueado, a mulher escondeu a arma branca até a chegada da Polícia Militar. Valdemir ainda tentou fugir, mas acabou sendo detido por populares.
 
Com a chegada da guarnição no local foram colhidas as informações sobre o ocorrido e dada voz de prisão à Valdemir. Uma equipe do SAMU socorreu a vítima para o Hospital e Pronto Socorro João Paulo II. Já na central de flagrantes, Valdemir disse “Isso não vai dar em nada, pois eu faço tratamento psicológico”, mostrando conhecimento e consequências de seus atos.
 
 
 Fonte: Julio Malta - Newsrondonia
Ler Mais

Policiais de MT e Rondônia desarticulam quadrilha de receptadores; BMWs são apreendidas


Quarenta mandados de busca e apreensão domiciliar e sequestros de veículos foram cumpridos nesta quinta-feira durante a operação “Pé de Cabra”, deflagrada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá e a 1ª Delegacia de Polícia de Ji-Paraná (RO).

As ordens judiciais foram cumpridas em Cuiabá e Várzea Grande por policiais civis de Mato Grosso e de Rondônia. A delegada da Derf de Cuiabá, Elaine Fernandes da Silva, informou que a ação visa combater a receptação de aparelhos celulares subtraídos em Cuiabá e naquele estado.

A operação já apreendeu dois BMW, um Fiat Siena, GM Ágile, Honda Civic, vários celulares, tablets, computadores, monitores, joias e outros produtos, que ainda estão sendo levados para a delegacia. Entre os pontos alvos de buscas estão quatro empresas, residências e bancas do Shopping Popular de Cuiabá.

Várias pessoas também foram conduzidas à delegacia na capital.

Fonte: Rondoniagora
Ler Mais

Bando é preso na capital com 17 quilos de maconha


PORTO VELHO RO - Policiais da Companhia de Operações Especiais (COE) da PM rondoniense prenderam cinco pessoas no final da tarde desta terça-feira, acusados de tráfico de drogas. O flagrante aconteceu na Rua Goiânia, Bairro Jardim Santana, na Zona Leste de Porto Velho.

A COE chegou ao local após denúncia anônima dando conta que no bairro havia movimentação de traficantes que teriam recebido grande quantidade de droga. Durante a tarde os policiais começaram intensificar o patrulhamento, quando observaram atitude suspeita de vários pessoas em frente da residência e resolveram agir.

A casa acabou sendo invadida e dois suspeitos tentaram se desfazer do entorpecente. Na ação foram presos Bruno Aramides Sartoniro, lucirene Souza Aguiar, Taissa Jenifer Araújo Silva, Edmilson Moraes Pantoja e Clebson Moraes Galvão. Com eles a Polícia encontrou uma bolsa com 17 quilos de maconha. Clebson acabou confessando ser ele o dono da droga.

Fonte: Rondoniagora
Ler Mais

'FUI PRA MATAR' AFIRMA JOVEM QUE EXECUTOU 'PINTADO'




Porto Velho, RO - Policiais Militares da Força Tática prenderam no final da tarde desta segunda-feira (25) o jovem identificado como Paulo Henrique de Alcântara, de 22 anos. Ele é acusado de ter executado, com vários tiros, seu desafeto, identificado como Alexsandro Soares Barros, de 32 anos, na data de ontem. RELEMBRE O CASO AQUI.
 
Os PMs conseguiram prender o rapaz na Rua Miguel Chakian, próximo a Avenida Dom Pedro II, bem ao lado da Rodoviária da Capital. De pronto o suspeito confessou o crime e levou os policiais até uma residência localizada no Bairro Lagoa, na zona leste da Capital, onde estaria escondido o armamento usado no crime. Os policiais então foram ao local e lá encontraram o revólver calibre 38. Foi constatado que a arma utilizada no crime, e agora apreendida, havia sido roubada de um vigilante de uma empresa de segurança privada.
 
Para a reportagem do Jornal NewsRondônia, Paulo Henrique afirmou que "matou para não morrer", pois segundo ele, Alexsandro estaria lhe fazendo várias ameaças de morte. A mulher de Alexsandro teria o abandonado para viver um romance com Paulo Henrique, mas acabou desistindo do rapaz e voltando para Alexsandro. "Ele estava me ameaçando e já tinha dito que se me encontrasse por aí iria me matar, por isso eu comprei a arma e o matei" relatou o acusado.
 
Após ser flagranteado, o indivíduo foi encaminhado para a Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) e encontra-se a disposição da justiça.


Fonte: Júlio Malta - NewsRondônia       
 







Ler Mais

SUSPEITO DE TRÊS HOMICÍDIOS É PRESO PELA POLÍCIA CIVIL; UMA DAS VÍTIMAS FOI MORTA POR ENGANO




Porto Velho, RO - Nazareno Pereira de Melo, 33 anos, foi preso no início da noite desta segunda-feira (25) por Policiais Civis da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV). A prisão do indivíduo foi em consequência de um mandado de prisão preventiva, sendo a ação acompanhada de perto pela reportagem do Jornal NewsRondônia.
PRIMEIRO CRIME

Nazareno é o principal suspeito de ter executado com vários tiros o jovem identificado como Maicon Fonseca da Silva, de 23 anos, crime este ocorrido no dia 2 de novembro de 2015. O fato aconteceu na Rua América do Sul com Rua Constelação, em uma invasão. Porém, as informações são de que Maicon teria sido morto por engano, sendo que a pessoa que era alvo mortal de Nazareno se trata de Igor Daniel Silva Barroso.
SEGUNDO CRIME
Já Igor Daniel foi baleado na noite do natal de 2015, quando se divertia com alguns amigos na Avenida Mamoré, Bairro Planalto. Ele foi baleado por um homem que estava no interior de um veículo VW Gol de cor preta. O ferido ainda foi socorrido por um grupo de populares, porém morreu logo após dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) localizada na Avenida Mamoré com Avenida Rio de Janeiro.
TERCEIRO CRIME
A terceira provável vítima de Nazareno trata-se de Alexsandro Silva Fonseca, que foi atingido por um tiro no pescoço quando transitava de bicicleta pelas imediações da Rua Inácio Mendes com Rua Antônio Fraga Moreira, Bairro JK, setor leste da cidade. O homem teria afirmado aos policiais, ainda no local do fato, que um casal em uma motocicleta alta, de cor vermelha, era o responsável pelos tiros. Alexsandro chegou a ser socorrido por uma equipe do SAMU, mas morreu logo após dar entrada no Hospital e Pronto Socorro João Paulo II.
Apresentado ao Delegado da DECCV, Nazareno prestará depoimento e ficará a disposição da justiça.
 
Fonte: Júlio Malta - NewsRondônia
 
VEJA  VIDEO:


 










Ler Mais

BR-364 liberada após 8 horas de bloqueio


Terminou por volta das 17h45min o bloqueio no Km 45 da BR-364, em Candeias do Jamari. A interdição foi realizada por moradores da Vila Samuel, que estão sendo obrigados a deixar o local onde vivem, por conta de uma decisão da 2ª Vara Cível da Capital, determinando a reintegração de posse. A área tem 25.148,637 hectares ou 251 Km², está invadida desde 2003 e pertencia ao ex-desembargador Aldo Castanheira, mas atualmente está no nome do empresário Paulo Whately Sack, que no final do ano passado acionou os advogados para prosseguirem com a reintegração da área.

Segundo o bloqueio no sentido Cuiabá alcançou 10 quilômetros de filas de veículos, enquanto para Porto Velho, a fila de carros parados já chegou a 15 quilômetros. O bloqueio, que começou por volta de 10 horas, só foi encerrado após reunião de representantes do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) com os manifestantes.

Fonte: Rondoniagora
Ler Mais

PRF/RO APREENDE 13.120 PRODUTOS E 90 QUILOS DE ALHO POR DESCAMINHO

    PORTO VELHO RO - Nesta sexta-feira (22), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) deteve dois homens transportando mais de 13.120 unidades de produtos diversos e 90 quilos de alho desprovidos do comprovante de pagamento. O flagrante ocorreu no quilômetro 760 da BR 364, em Porto Velho/RO. Na ocasião, os agentes da PRF abordaram o veículo Palio/Fire, cor prata, com dois ocupantes. Durante vistoria no veículo, o passageiro de 25 anos tentou evadir-se do local, porém logo foi capturado pelos policiais. No interior do veículo foi encontrado e apreendido pela equipe 4 mil unidades de CD, 8.400 unidades de isqueiros, 720 unidades de cosméticos e 90 quilos de alho condicionados no interior do veículo, desprovidos de documento de origem. Diante dos fatos, a ocorrência foi encaminhada para a Polícia Federal da localidade.

Fonte: nucom/prf
Ler Mais

Casal dono de sítio em Rio Crespo perde tudo após incêndio provocado por invasores da LCP


RIO CRESPO RO - José Joaquim Vieira, de 66 anos, dono de uma propriedade rural onde teve sua casa incendiada, na localidade da linha C-100, na gleba Burareiro, em Rio Crespo, divisa com Cujubim, na noite da terça-feira (19), disse que perdeu tudo. A área é conhecida por ser palco de diversas invasões de terras violentas, crimes e por ter a influência da Liga dos Camponeses Pobres (LCP).

Segundo José, há quatro anos, os invasores supostamente ligados à LCP ocupam de forma irregular uma área da propriedade. Eles também seriam os possíveis responsáveis por terem ateado fogo na casa. Em entrevista, José Joaquim afirmou que ele e a esposa residem no local há mais de 15 anos e que desde 2012, enfrentam problemas por conta da invasão de terras na região.

A vítima também desabafou apontando a ocorrência de desmatamento e venda de madeira ilegal, realizados pelos invasores, além de furto de gado da sua propriedade.

Ele destacou que já foram deferidas pela Justiça duas reintegrações de posse e que a polícia foi ao local no dia do incêndio para realizar um levantamento de acampados na propriedade para uma terceira reintegração. "A policia fez todo o levantamento, saímos da fazenda com eles e fomos para Cujubim. Quando voltamos, já vimos a fumaça e a nossa casa pegando fogo. Ficamos apenas com nossa roupa do corpo. Todos nossos pertences e documentos foram queimados. Estamos sem rumo", declarou ele, entristecido.

Fonte:RONDONIAVIP


Ler Mais

MST promete invadir fazendas e fechar estradas em todo o Brasil em caso de impeachment


 
 

Movimentos sociais como o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) e a Frente Povo sem Medo pretendem interromper na próxima semana o fluxo de 30 estradas, em pelo menos dez Estados.

O protesto é contra o impeachment de Dilma Rousseff e a eventual posse de Michel Temer na Presidência da República.

A interrupção, que ainda deve contar com a participação de outros movimentos, está sendo programada para ocorrer até a quarta-feira (27).

Já o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) em Minas Gerais pretende invadir fazendas e interromper tráfego de rodovias em todo o Brasil caso o impeachment de Dilma Rousseff (PT) seja aprovado no Senado

Segundo o líder do movimento, em Minas Gerais já foram escolhidas as fazendas que serão invadidas em caso de impeachment.

Bohmenberger não acredita, porém, que a saída da presidente do governo já esteja consolidada. “Tudo vai depender da movimentação que acontecer nas ruas”, afirmou.

Fonte:Estadão
Ler Mais

Fazenda é invadida três vezes – Animais foram furtados e residência incendiada

 
RIO CRESPO RO A vítima J.J.V. de 65 anos estava na fazenda Neiva Maria, de propriedade de sua esposa, localizada no Lote 15 da Gleba Burareiro, na Linha C-100, quando um grupo de elementos desconhecidos chegou ao local e ordenou que a vítima retirasse todo gado da propriedade em 24 horas, pois o grupo retornaria para invadir a fazenda.
 
Um elemento que estava de posse de uma arma de fogo do tipo espingarda mandou a vítima recolocar na porteira da fazenda a bandeira da Liga Camponesa Pobre (LCP) que ele havia retirado horas antes.
 
O fato aconteceu no último dia 02 de abril de 2016 e a ocorrência nº 3162/16, foi registrada na Delegacia Geral em Ariquemes. Na noite de 19 de abril de 2016 (terça-feira), a Polícia Militar da cidade de Cujubim, foi informada através do telefone de emergência 190, que a residência/sede da referida fazenda havia sido incendiada com móveis, eletrodomésticos e documentos das vítimas dentro e estava totalmente destruída, sendo que o casal proprietário da fazenda estava em um vizinho no Lote 33 observando a movimentação de pessoas estranhas e ouvindo disparos de arma de fogo.
 
As vítimas contaram que no dia 18 de abril de 2016 (segunda-feira), vizinhos viram elementos desconhecidos no pasto tocando o gado e que provavelmente algumas cabeças tenham sido roubadas.
 
A ocorrência nº 3576/16, foi registrada na Delegacia Geral em Ariquemes. O casal proprietário da Fazenda Neiva Maria, compareceu na DP para comunicar que várias cabeças de gado desapareceram e que constantemente são vítimas de ameaças por parte dos integrantes da LCP. As vítimas informaram que a fazenda possui Plano de Manejo e que os Sem Terra estão derrubando as árvores por conta própria.
 
 

FONTE: ARIQUEMES190
Ler Mais

Acidente entre caminhão e carreta mata um e fere dois na BR-364


JI-PARANÁ RO - O grave acidente aconteceu na tarde desta quarta-feira, no trecho da BR-364, próximo ao Anel Viário, saída para Presidente Médici, em Ji-Paraná. Dois caminhões se chocaram frontalmente e as cabines ficaram totalmente destruídas. Os dois motoristas sofreram lesões graves e foram conduzidos para o Hospital Municipal. Já o passageiro, que estava viajando de carona no caminhão “leiteiro”, não resistiu e acabou morrendo durante socorro.

De acordo com a PRF, um dos caminhões tentou fazer uma ultrapassagem forçada e acabou colidindo na frente do outro caminhão, que seguia sentido oposto. Os motoristas foram identificados como Domingos Valentim Padilha e Rogério Moreira de Oliveira.

O carona que acabou falecendo estava viajando de carona no caminhão leiteiro e iria para a cidade de Pimenta Bueno, onde residia. A carreta Bi-Trem estava seguindo, carregada de soja, para a Capital.

Fonte: Rondoniagora


Ler Mais

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: NOTICIAS MAIS ACESSADAS ::::::::::::::::::::::::::::::::::

 
::::::::: A VOZ DA CIDADE :::::::: Aqui Você Tem Vez! Contatos: (69) 8484-6541/99740676 |AVOZDACIDADEGM